A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Um texto rápido para desabafar

Já postei muitas poesias seguidas aqui, está na hora de postar uma prosa! 'Um texto rápido para desabafar' é um conto pequeno, onde me utilizo do sentimentalismo e de características de dúvidas. No mínimo, um bom exercício de personalização de narradores.

Um texto rápido para desabafar


Tenho que escrever rápido. O dono da caneta que eu pedi emprestado pode pedir de volta a qualquer momento.

Eu só queria dizer para sei lá quem, que a saudade que sinto dela é grande. Que dá raiva o som da ligação chamar, chamar e ninguém atender. Que as lembranças do nosso último encontro são sempre revisadas antes de dormir. Que, na verdade, nem sei o que estou sentindo, mas sua presença me ilumina e sua voz me conforta para caramba.

Agora não sei se o cara da caneta está querendo mesmo ficar aqui, ou está esperando educadamente a devolução da caneta.

Não vou me demorar para não ser chato, nem com ele, nem com seja lá quem for o meu leitor. A saudade é grande, é sim, mas a esperança é resistente.

Vou tentar de novo. Di-fí-cil es-cre-ver. Espera. Difícil escrever e telefona-la ao mesmo tempo! Deixe-me terminar isso logo. Vou devolver a caneta, liga-la e dá um descanso a esperança, assim espero.


Carlinhos Ribeiro


--------------------------------------------------
* Faltam duas provas para as férias!
* Já estou esquematizando minhas férias para aproveitar cada momentinho!
* Regência verbal, regência verbal, projetos de pesquisa e regência verbal!
----------------------------------------------------------------------

Um texto da Vivi Lima, perfeito!
www.aondeeuestavamesmo.blogspot.com

----------------------------------------------------------------------

ESCUTANDO NO MOMENTO: Olhos de Jabuticaba - Lulu Santos

Boa Sorte

6 comentários:

Thiago César disse...

mash, valew por fazer um texto pekeno!
se fosse grande eu ia ter preguiça de ler!
desabafa fela da gaitisse ae tb vah lah!
soh negocio de amor eh mei foda...
:P

mash, põe ae na tua agenda de ferias o sao joao do sitio no fds q vem vah lah!
taboca réi tah instigado pra fazer mesmo!

flw!

Paulo Henrique disse...

Juntou-se a agonia de escrever rápido e a agonia da saudade e deu um bom texto.

Marcella disse...

Escrever para não sei quem?
A agonia o cegou, mas eu sei que ele sabe pra quem escrever, não é?

Meu bem, sempre aki apesar de sempre ausente.

beijos

Marcella disse...

tanto na poesia qto na prosa neh mestre!!!
\o
seu texto ficou maravilhoso...
aflitivo como a saudade e a pressa!!
\o/
um xero
e parabens pela prosa, pelo amor e pela saudade..

.Luh Almeida disse...

Mistura de sentimentos que terminou em uma prosa maravilhosa. Como sempre ótimos textos

beiijo ;*

Pedro Gurgel Moraes disse...

assim, espero.

e espero a esperança,
de esperar essa andança
sem fim e que cansa,
de tanto esperar
o descanso do que não se cansa
do que não descansa
da esperança...