A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Cinco anos de Eufonia


Hoje, 19 de maio de 2011, comemora-se 5 anos da minha maior paixão. O Grupo Eufonia de Literatura. Antes chamado de GEP (Grupo de Escritores e Poetas), de Grupo Literário APPLE (Amantes da Prosa e Poesia, Lida e Escrita), o Eufonia já passou por profundas modificações ao longo de sua existência, que, acho, é o que marca fundamentalmente o nosso grupo: Nosso grupo é o que somos; se mudam as pessoas, muda o Eufonia.
Eufonia é o primeiro termo do nome científico do pássaro Vem-vem – há nome mais acolhedor que este? – e, como pássaros, não queremos gaiolas: Nossos encontros se chama “Arribações” e o local que nos encontramos se chama “Ninho” – pois queremos nos aconchegar.
Tenho profundo prazer em ser nomeado “Segundo-Ministro do Grupo Eufonia de Literatura”, liderando nosso grupo desde que eu e Pedro Gurgel o fundamos. Agora meu parceiro na organização é o “Vice-Rei” Hermes Veras, que ajuda bem mais do que imagina. Vou para de citar nomes por aqui, porque o número de pessoas que já passaram por nós é enorme.
Digo que o Eufonia é minha vida, pois nesses cinco anos muito já fiz para mantê-lo. Encontros de três horas, duas vezes por semana; aos sábado pela manhã; aos domingos à tarde. Já percorri muitos cantos da cidade, atrás de um local perfeito para residirmos. Já organizei encontros com mais de 20 pessoas; já organizei encontros para duas pessoas e já teve uma única vez que só eu apareci.
Contudo, pensar em desistir nunca foi hipótese. Não é possível minha vida sem um Grupo Eufonia de Literatura. Posso morar em outro lugar, posso virar milionário, posso ir para a cadeia. Em qualquer circunstância possível, em algum momento da semana, haverá uma arribação em algum ninho por aí.
Atualmente, nos encontramos na Biblioteca Pública Municipal Dolor Barreira, na Av. Da Universidade, em frente a Casa Amarela da UFC; toda terça-feira; às 19 horas e 10 minutos. Lá, podemos exercer nossas diretrizes:
      1. Teoricamente, um grupo de discussão e pesquisa literária;
      2. Na prática, uma reunião de amigos (ou para se fazer amigos), onde conversamos sobre literatura e adjacentes;
      3. E essencialmente, um local para ouvir e ser ouvido.

Finalizo com um de nossos lemas, que eu considero como a principal base do que construímos: A fuga do tema é fundamental.


CA Ribeiro Neto
--x--X--x--

ESCUTANDO NO MOMENTO: Álbum Gonzaguinha da Vida - Gonzaguinha
LENDO NO MOMENTO: Solar - Ian McEwan - pg. 88// A condessa sangrenta - Alejandra Pizarnik - pg.25


Boa Sorte || ApontArte

7 comentários:

Virgínia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lucas lima disse...

também me alegro muito de participar de tal encontro social, virou fundamental para mi também, é local de inspiração e madurez literária.

Thiago César disse...

"Não é possível minha vida sem um Grupo Eufonia de Literatura."
carlim como sempre exagerado! hehehe...

mash, avisa pra negada aí que eu saí do blogs de quinta! valew!

Zeto disse...

Massa mesmo!!!
As manhãs no Cefet eram iradas com o APPLE... o ruim era a ressaca...

Mah eu também fui num dia sozinho no Dolor Barreira..pense na DO(lo)R!

Valeu Gutinho por ser esse mestre da obra do EUFONIA...

allyourbasez disse...

Muito bonito ver a paixão de um homem por aquilo que faz. Fantástico, Carlim !

Paulo Henrique Passos disse...

ah como esse pássaro voou, viu! até achar um ninho

... disse...

é... já leva um certo tempinho que veio aqui... mas, sempre é bom.

Eufonia... Vi um trecho que me chamou atenção...

"e, como pássaros, não queremos gaiolas: Nossos encontros se chama “Arribações” e o local que nos encontramos se chama “Ninho” – pois queremos nos aconchegar."

Entenda, que essa alma de aquariana que escrevi aqui essas palavras famigeradas, precisa de liberdade para ir e vim... Entenda que, essa aquariana, tem uma vida muito cheia de coisas a se fazer... Entenda que os sonhos, dessa aquariana, estão se realizando a passos largos e oportunos... Mas nunca esqueceu do grupo... Entenda... Simplesmente entenda... Que os pássaros que tende a visitar o "Ninho", estarão sempre a divulgar o as "Arribações" que acontecem ali.

Entenda que o Eufonia ou Apple (sempre gostei do Apple e aquelas maçazinhas, eram lindas!)foi de grande relevância em minha vida.

De uma chata...

Marília Maia.