A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Viciado em viciar

Amigos, com 'Viciado em viciar' encerro a série 'Tentativas de comédias'. Essa também não será das mais engraçadas, confesso. Mas todos esses contos fazem parte de uma construção, de pesquisa e experimentação. Já tenho outras comédias que acredito estarem bem melhor que essas, mas as que postei aqui são tão ou mais importantes quanto as outras, devido a essa evolução. Como estou bem mais prosista do que poeta, não sei se na próxima semana terá poesias por aqui... decido depois...


Viciado em viciar


Olá, meu nome é Marcos. Estou sem fumar há seis meses, mas estou aqui para contar a minha história para vocês, amigos do Tabagistas Anônimos!

Comecei a fumar aos dezessete anos e daí não parei mais até seis meses atrás, quando comemorei meus trinta e nove anos. Resolvi parar de fumar porque reconheci que tinha um problema e também para ter uma vida melhor, mas não sei bem se consegui.

Logo depois que parei de fumar, foi muito difícil ver outras pessoas fumando. Mas meu problema não é esse. Primeiro de tudo, para ajudar neste processo, passei a evitar o que mais me dava vontade de pegar um cigarro: bebida e sexo.

Parei de beber, e também de sair com os amigos, eu não agüentava ver eles bebendo e eu não.

Como eu estava solteiro, evitei o sexo enquanto desse.

Por ter parado de beber, comecei a dispensar os convites dos meus amigos para sair e fiquei mais solitário. Para ir me acostumando, fui saindo sozinho, pedindo um suco, mas a solidão continuava e ainda por cima, achei muito sem graça tomar suco sem comer nada, então passei a merendar nos cantos que eu ia.

Por ter parado de fazer sexo, passei a me masturbar. Descobri que na falta de sexo, a vontade de fumar se transfere para a masturbação. Cortei a masturbação e fui para o chocolate, que, segundo dizem, dá prazer.

Conclusão, comecei a me viciar em merendas e chocolates. Engordei muito em três meses. Não sei dizer o peso, pois tinha vergonha de subir numa balança de farmácia. E para resolver esse novo problema, procurei uma academia de musculação.

Como sou muito vaidoso, quis conquistar minha boa forma física de volta e acabei me engajando totalmente no mundo esportivo. Academia todos os dias durante três horas logo pela manhã, comida à base de fibra, frutas, verduras e tudo mais de saudável que tinha e à noite ainda voltava a pé do trabalho para casa, para fazer uma caminhadazinha. Ou seja, me viciei na vida fitness! Foram dois meses dessa forma até perceber que tinha algo de errado. Então fui procurar ajuda na internet.

Este último mês, para mim, foi todo de pesquisa, atrás de entender o que está se passando comigo. Já engordei um pouco, porque andei precisando de uns chocolates, porque descobri que internet também me dá vontade de fumar! Já estou com medo de me viciar em pesquisas na internet. Aliás, estou chegando a conclusão de que estou viciado em viciar! Por isso vim aqui hoje, para pedir ajuda, pois não encontrei nada na internet parecido com o meu caso e afinal de contas, tudo começou com a porra do cigarro!


CA Ribeiro Neto
------------------------------

* Sem novidades, ou ainda não...
------------------------------

www.aondeeuestavamesmo.blogspot.com
------------------------------

ESCUTANDO NO MOMENTO: Janeiros - Roberta Sá

Boa Sorte

7 comentários:

Hermes disse...

Esse cara era amigo do Ciel, porra...ahuahuaha. Eu não bebo tanto, aliás, quase não bebo, como tu sabe. E se eu decidir largar o copo de uma vez por todas, acho que não ficaria sem amigos. Será??Seria sinistro. Nossa sociedade cobrando vícios para ser participante dela...Bom, de qualquer forma é melhor ser um fumante com sexo do que um falso ex fumante sem sexo.

Gi disse...

ahahahaa...

Acho que o texto representa muito bem uma sociedade que não damos atenção. Há tantas maneiras diversas de vícios, e com todo mundo sempre há alguma coisa errada!

Quanto aos blog's de quinta.. nao sei ainda... vou pegar seu msn com o Hermes, ok? =]

Gi disse...

ah... só uma coisa... curioso seu curso superior... não o conhecia. Nossas áreas estão bastante próximas...

Thiago César disse...

como quase sempre, axei o final fraco. e tb, nem tudo eh um problema.

Gabriela benigno disse...

é...o ser humano é assim..se contenta em ser não hauhau vive sendo..alguma coisa...do qual jamais erá se contentar.

Marcella disse...

por isso que eu digo...
beba..
fume..
transe...
caso contrario jah viu neh..solidão, chocolate, masturbação, internet...

=p
gostei do texto!!!
na verdade...amei o texto!
heheeuhuehe

Paulo Henrique Passos disse...

Eita hein! Deve ser cifícil mesmo se livrar de um vício sozinho, ainda mais o cigarro.