A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Procure o V de sua vida

Bem, agora que passou o momento sem série, volto a fazê-lo. Postarei aqui, numa série de 10 post, uma sequência do que já ouvi falar em Poesia em Revista. É uma poesia que é mais uma imagem, uma foto que palavras mesmo. Eu brinco com um ou poucas palavras, encontrando palavras dentro das outras. Início com o título da série, que é também o título da poesia conjunta 'Procure o V de sua vida'.






CA Ribeiro Neto
-----------------------------------

* Hoje, às 17h, decreto um intervalo de descanço de uns 8 a 10 dias em minha vida...
* Mas ainda haverá a ansiedade da entrega das notas...
* Texto novo da Fau em www.aondeeuestavamesmo.blogspot.com
-----------------------------------

ESCUTANDO NO MOMENTO: Fogo e Gasolina - Roberta Sá e Lenine
Boa Sorte

10 comentários:

Hermes disse...

Ficou massa. Mas qual seria o V da Vida? eu vi como se fosse uma ave, um pássaro. E se for, fico satisfeito, os passarinhos são mara e tem a barriguinha redonda que nem meu bucho.

Marília disse...

Guto, poderia ser: " procure 'os' v v de sua vida"... ficou legal, de primeira não entendi muita coisa... mas, depois analisando bem, pra mim os v ' s que muitos de nós procuramos,poderia ser aqueles dos quais nos dão uma certa satisfação, como v de Vitória (por conquistar algo simples, mas que é gradioso), v de Vislumbre (por admirar as coisas que estão a sua volta, detalhes que passam despercebido dos nossos olhos), ou até mesmo o v de Vingança (pra aqueles que cultivam e perdem tempo com esse tipo de sentimento tão mesquinho)... E as vezes nem precisamos procurar, pois alguns v ' s que aparecem repentinamente nas nossas vidas, vem porque são necessários... Mas a definição que teu amigo ("Hermes") colocou também é de primeira vista o que a maioria irá pensar em pássaros, e acrestando que voam livremente, ao longe e no horizonte, transbordando liberdade de 'Viver'...

A moça da flor disse...

num tenho nem mais muito o que dizer. A Marília disse tudo. ._.
Mas enfim... Sou adepta de coisas visuais. É bacana poder concretizar um pensamento com uma imagem, e transpor o sentido das coisas. Bem criativa a poesia! Gostei.

OMG! Adoro essa música! Me mata de orgulho xD
Finalmente um descanso né meu fí?
Ainda bem! Mais um poquim cê estourava! Final do mês chegando...
Mais descanso a vista... ;P

Xero no ôi!

Gi disse...

muitíssimo complicado!


hehehehhe

Freddy Costa disse...

Vadinho!!
Carlin safado...

Thiago César disse...

eh o bom, axo q tenho um poema mais ou menos assim, em forma de imagem...

arri egua mash, ateh pra descansar tu anota a hora de começar e o prazo?!

te libertaaaa hahai!

Vilminha disse...

oi amigo, saudades suas. Entrei num concurso que era de escrever um post "O 1º Encontro Nacional de Blogueiros é importante para mim... Porque?" e o escrevi ontem passe por lá porque na verdade acabou saindo mesmo foi um relato sobre os meus queridos amigos blogueiros. Bjs

Mehazael disse...

Cara, gostei bastante. Principalmente esse "espelho" e comparação entre vida e ida; a vida, afinal, pode ser vista como uma jornada, um caminho a ser seguido, e é indo que se vive. Muito legal mesmo. Eu gosto de poesia concreta justamente por conseguir dizer muito com pouco.

ps: dá um tempo pra flor. hehehe Todos temos direito à nossa própria interpretação. Assim é muito mais democrático e muito mais legal. Enriquece o texto. Imagine se só o autor pudesse dizer o que isso ou aquilo significa. Que coisa sem graça... hehehe
Abração!

Marília disse...

Concordo tb com o Mehazael, a poesia soa essa idéia quando deixa enfatizado o "ida"...Vivemos, desde que nascemos, essa "Jornada", que muitas vezes não sabemos porque seguimos esse caminho, mas de tanto procurar algo que preencha nossa "Vida", acabamos que achando algo que seja útil a nós, as vezes achamos coisas fantasticas como a "Vitória" de sermos donos de nossas próprias ações, o "Vislumbre" de o quanto nós somos queridos por muitos,entre outras que já expus acima, não preciso ficar repetindo a mesma idéia... Por que acaba que ficando "Vago"... Mas enfim, o que quero falar e reforçar é que a idéia do "ida" passa a impressão de que devemos "Viver" intensamente, pois as oportunidades só ocorrem uma única vez em nossas vidas, pois muitas vezes "não" tem mais "Volta"... E isso lembra até mesmo uma outra poesia cujo o autor não lembro... é mais ou menos assim:
"O melhor da Vida é:
O passado, que já Vive e aprendi;
O presente, que Vivo e aprendo;
E o futuro, que Viverei e aprenderei..."

Marcella disse...

V é o que transforma nossa ida, né?
O mais legal disso é que ele é paz e amor também... Será que foi de propósito?


PS.: Adorei o comentário do Freddy.
:x