A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Coisas boas pra se fazer em dia de chuva

Aqui no meu Ceará, e em todo o Nordeste, vem chovendo muito. Principalmente no interior, estamos sofrendo muito com enchentes e o excesso de chuva, o que deve nos preocupar bastante. Mas aqui na capital, existe um pensamento herdado lá do Sul, de que o bom mesmo é o sol. As pessoas preferem o calor, do que o tempo bom dos dias chuvosos. Então fiz essa poesia ontem, para lembrar estas pessoas as coisas boas de um dia de chuva.


Coisas boas pra se fazer em dia de chuva


Escrever,
Condição de existência
Desta poesia
E desde papel molhado.

Ler,
Como você pode perceber.
Livro, jornal, revista
Ou qualquer outra coisa
Que tenha letrinhas.

Fazer nada.
Dormir.
Domir de conchinha.
Fazer amor.
Dormir de conchinha
Depois de ter feito amor.
E fazer nada (ou amor)
Depois de ter dormido muito.

Ficar deitado numa rede,
Coberto com um lençol,
Segurando o nariz,
Devido ao frio
E pensar na vida,
Na vida do girassol
E na dos animais
Que vivem embaixo da terra.

Voltar pra casa a pé
Tirando os sapatos ou chinelos
Só pra sentir a água
Dos corredores de chuva.
E sorrir pras pessoas
Que você encontrar pelo caminho
E Que estão fazendo o mesmo que você.

Tomar banho.
Ficar sem camisa.
Tomar banho só pra depois
Ficar sem camisa
Ou pra colocar a camisa de frio.
E ficar sem camisa
pra tomar banho de chuva.
Reunir os amigos vizinhos,
Fazer barquinho de papel
E ver até onde dá pra gente ir.


Carlinhos Ribeiro

----------------------------------

* Essa é a maior poesia que já escrevi!
* Tá tudo bem, na medida do possível!
* Sem novidades!
-----------------------------------

ESCUTANDO NO MOMENTO: Beija-me - Orquestra Imperial - "Ai ai ai, que coisa boa, o beijinho do meu bem. Dito assim, parece àtoa, o feitiço que ele tem..."

PENSANDO NO MOMENTO: A coisa está braba no interior, vamos ajudar! Saudações à terra de meu amigo Marcos, Lavras da Mangabeira.

Boa Sorte

2 comentários:

Thiago César disse...

deizano essa poesia ae oh!
bem descompromissada em termos estéticos e literais.

saudações à negada de uruburetama tb vah lah!
:P

Imcompreendida disse...

Huuuuuuuuuuuuuum!!! Deu até vontade que caísse uma chuva aqui agora... aliás, agora não, domingo...rsrsr

beiiiiiiiiiiijo