A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

A quem interessar possa

Continuando a série 'Cá entre nós', um tipo de poesia que sempre quis fazer. Uma espécie de poesia-conselho que, na verdade, muitas vezes só serve pro autor! Tomara que gostem!

A quem interessar possa

Surpreenda-me.
Insista sempre mais uma vez.
O impossível está mais próximo do que imaginamos
E mais distantes do que o que os outros pensam.

Surpreenda-se.
Não diga nada e faça tudo que puder.
Sua vida pode ser muito até a hora da morte,
Mas é sempre pouca para uma existência.


CA Ribeiro Neto
------------------------------------

* As aulas recomeçaram e está indo tudo muito bem.
* O nome do meu curso mudou e agora se chama Administração Legislativa.
* Isso aconteceu porque o meu curso saiu da área de Humanas e agora é de Administração.
* A série 'Cá entre nós' vai prosseguir por todo o mês de Fevereiro e em Março, começa as comemorações de um ano do meu blog!
------------------------------------

www.aondeeuestavamesmo.blogspot.com
A Vivinha ainda não postou, mas continuem visitando!
------------------------------------

ESCUTANDO NO MOMENTO: Guardei Minha Viola - Paulinho da Viola

Boa Sorte

7 comentários:

Thiago César disse...

eh o novo, esse conselho ae, mah!

Hermes disse...

enfim, parar de pensar tanto.
Boa poesia. A forma dela me lembra uma mulher bem gorda.

Paulo Henrique disse...

Carlinhos, tem um novo integrante no Blogs de Quinta. É o "Filho Eterno". Tu já deve conhecer. Adiciona ele na lista e, tu "tem mais tempo", avisa aos outros quinteiros.

www.filhoeterno.blogspot.com

Depois passo aqui para lê os versos

Paulo Henrique disse...

Bem simples se em comparação a outras tuas. Engraçado esse negócio de servir só pro autor; algumas vezes eu escrevo pra me convencer de uma coisa, tipo, pra me dar força,aí eu vou e escrevo o que devo fazer, só que pra outra pessoa.

Eu vi as atividades da Semana de Humanidades e vi o APPLE lá. Esse grupo tá podendo, hein!

Marcella disse...

Refletindo sobre a vida, Carlinhos?

Vilminha disse...

Sempre faça o impossível para alcançar tudo que lhe é possível. Gostei do poema. Beijos e um ótimo domingo.

Filho Eterno disse...

concordo letra por letra.

carlinhos, amigo, que que você acha de musica com um toque raro de boa poesia?
olha o que eu achei:
http://palcomp3.cifraclub.terra.com.br/naueterea/