A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Coisas da vida

Mais ums poesia de Wallace Lago, 'Coisas da vida' é uma poesia simples que tentar, de forma sutil, mas não menos dolorosa, encerrar um relacionamento. Moças, o que fariam se escutassem isso de quem vocês amam?

COISAS DA VIDA

Desculpa pelo que aconteceu
Mas a verdade é que não existe
Esse mundo formado por você e eu
Que o amor que em mim morava
Simplesmente desapareceu.

Você vai ver que é melhor assim
Que você vai conseguir
Viver muito bem sem mim
O que havia entre nós
Infelizmente chegou ao fim

Nosso caso acabou
Siga com sua vida e seja feliz
Entenda que tudo que passou
Foi muito bom e emocionante
Mas agora terminou
E peço que , por favor
Não me chame mais de "meu amor"

Wallace Lago
---------------------------

* Amanhã, último dia de aula da faculdade!
* Começa-se as férias, continua-se os estudos...
* Na Casa de Cultura Portuguesa ainda terá duas semanas de aula...
* www.aondeeuestavamesmo.blogspot.com
---------------------------

ESCUTANDO NO MOMENTO: Vaso ruim não quebra - João Bosco
Boa Sorte

9 comentários:

Gi disse...

Posso dizer que se eu ouvisse isso do meu namorado, passaria alguns dias chorando... e com uma tristeza muito grande no meu coração..

mas as palavras mais doloridas seriam
"Que o amor que em mim morava
Simplesmente desapareceu."

acabaria me culpando por isso...

Thiago César disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thiago César disse...

eh o bom, carlim fazendo pergunta pra instigar comentario...

a primeira estrofe foi a q a tainan gravou lendo pro "cidade solidão e saudade" no felas 3, foi?

Anônimo disse...

Moço...tá doido? Eu não quero ouvir uma doidera dessas pra mim, não...

Hermes disse...

Esse "Lagoa" é muito ingrato, meu fi...
ShowVidal

Paulo Henrique Passos disse...

égua, o bicho num foi nem mesmo só um pouquim... eufêmico.

Pedro Gurgel disse...

essa eu já conhecia!

Esse Lago não tem jeito mesmo, as vezes raso, as vezes profundo, mas sempre um Lago boêmio...

Di disse...

eu diria: aaaaah que peninha...

rsrsrsrsr

A moça da flor disse...

vixe
num achei muito sutil não --'
acho que passaria alguns dias chorando como a Gi xD
mas bela poesia :D

;*