A dança da alegria

A dança da alegria - CA Ribeiro Neto

quinta-feira, 5 de março de 2009

Poesia Espiral

Bem, exatamente hoje - ainda bem que caiu numa quinta-feira - comemora-se 1 ano do meu blog! E então, Março será todo de comemoração! Terá postagens especiais, a presença do meu bonequinho aqui do lado, só durante esse mês mesmo. E eu começo as postagens especiais, postando aqui uma poesia que sempre acompanha o blog aqui ao lado, na barra de menus, mas que ninguém nunca comentou, ou falou nada. Então vamos ver o que vocês acham!


Poesia Espiral

Alegria, Alegria!
Ela gira, ela gira!
Ela quem?
A poesia!

Alergia?
Ou o que seria
Esta vontade repentina
De descrever a boemia?

Era liga?
Ou serpentina?
Aliás, importaria?
O importante é a fantasia!

CA Ribeiro Neto
.............................................

* Teoria dos Papéis Sociais ou Teoria do Interacionismo Simbólico? O que vocês acham?
* Não estou com muitas novidades, já basta o aniversário do Blog!
.............................................

www.aondeeuestavamesmo.blogspot.com
www.vivipsico.blogspot.com
.............................................

ESCUTANDO NO MOMENTO: Deusa Urbana - Caetano Veloso

Boa Sorte

8 comentários:

Imcompreendida disse...

Parabens ao Alegria, Alegria!!!

Não tem muito o que comentar dessa posia não, só que ela é bonita e que a fantasia é realmente importante, o que seria de nós escritores sem ela???

Um abraço,

Hermes disse...

eu não gosto de comentar poesias, mas essa poesia reflete lietralmente o seu espírito boêmio, só consigo ler o poema e imaginar vocÊ com uma cerva na mão escrevendo hauahuaha

Thiago César disse...

1. PARABÉNS!!!

2. eu jah tinha lido essa poesia...

3. q bonekinho?

4. mash, tu tah muito véi, passando carnaval em casa e comemorando niver de blog... huahua!

:P

Marcella disse...

Eu fiquei realmente imaginando confetes... mas carlinhos, e tu é boêmio????
hehehehehe

Marcella disse...

O mais irônico do lance do Pedro é que eu tava incomodada, mas com tanta coisa acontecendo semana passada, não tive tempo de tentar escrever o q eu queria. Aí postei aquele texto que tava pela metade, da última vez que fui ao órbita.
Mas a vida vai entrar nos eixos e quando entrar...

beijos

Marcella disse...

Quase esqueci de dizer... esperando ansiosamente suas postagens especiais...

beijos

Paulo Henrique disse...

Tu já tinha falado de mais ou menos como tu fez essa poesia, dos anagramas e tal... Bem legal isso. Gostei especialmente da 1ª estrofe, ela mostra que a poesia é viva e ela não para. Ficou massa essa "invocação": "Alegria, Alegria!".

Não sei o que é, mas já que tu perguntou, me soou melhor "... do papéis sociais"

Pedro Gurgel disse...

Fantasias...

Como são belas, as fantasias...